Publicado em

Como agir na Nova Era?

No último post explicamos que a Nova Era é um novo estágio de evolução consciencial que nós, humanos, estamos. E estarmos na Nova Era significa nos adaptar e incentivar uma nova forma de pensar, enxergar e tomar atitudes baseados em nossa própria consciência.

Nas últimas décadas, a palavra espiritualidade está recebendo nova conotação. Espiritualidade é um estado transcendental do corpo físico e também da maneira de viver, é a busca pela plenitude, independente de religiões. Um novo estilo de vida que desenvolve comunhão com a energia do planeta, o amor, por si próprio e pelos semelhantes. É honrar sua vida. É procurar meios de trazer equilíbrio a sua vida. 

Podemos definir ainda como um processo de libertação interior e do processo material, sublimando os instintos. É o fruto de uma luta corajosa de “despertar consciencial”, saber quem verdadeiramente é, para onde deseja ir e qual sua missão e propósito de vida. 

A principal recomendação para quem quer viver em sintonia com essa Nova Era é: mova-se! Saia do padrão e permita-se descobrir coisas novas sobre você e sobre a vida. Adquira sua autonomia consciencial, abra suas asas para expandir seu conhecimento, permitindo mudanças internas e externas profundas. 

Nosso principal objetivo tem que ser conhecer a nossa verdadeira essência, nosso propósito de vida e ao mesmo tempo entender os princípios energéticos que regem a nossa existência, e assim, melhorar as relações interpessoais e a ligação com o planeta. Saia do status quo em que a sociedade está, não tenha medo de balançar as estruturas.

Segundo mestres Arcangelistas, muitas pessoas se encontram num momento propício para dar esse próximo passo de evolução, para termos uma sociedade mais justa, solidária e benevolente, que prioriza a dignidade humana, o respeito e a liberdade, sempre com uma visão lúcida sobre a vida para concretizar benefícios, tanto individuais como coletivos.

Esteja favorável a essas mudanças e preparado para doar, pare de esperar uma data para a transição planetária, para a salvação da humanidade. Não acredite que uma força externa virá para arrebatar a todos. Essa Nova Era não foi e nem será criada do dia para a noite, não se nutra dessa falsa esperança que tenta terceirizar a responsabilidade da mudança. 

É uma transição. Nós somos os responsáveis por essa mudança. Claro que nós temos o livre arbítrio e podemos escolher não mudar, não evoluir, mas você está aqui. Você está buscando expandir sua consciência e reconhecer seu mestre interior. Seja você a mudança.

Precisamos aterrar essa mudança, trazer para a matéria. Tirar essa Nova Era do plano das ideias e fazer com que ela aconteça de fato.  Você precisa se conhecer, conhecer sua verdade, o que te motiva e o que te incomoda. Tudo o que te incomoda tem que servir como bússola para você identificar sua missão para a mudança. 

Você deve trabalhar sua empatia, sua compaixão e sua paciência. Se entenda como o verdadeiro guardião do planeta, todas as formas de vida, especialmente da sua existência. Apodere-se da sua verdade.

Olhe o mundo a partir de uma perspectiva mais abrangente, saia do olhar egocêntrico e passe a olhar o Universo e o quanto é bela toda a criação. Até seus problemas se tornarão menores, diante a magnitude do Todo e agradeça. Por cada experiência, cada momento, cada pessoa que chega, cada pessoa que sai. 

Dedique-se às boas energias e sinta a vida passando a ter mais sentido. Conheça os cursos da Casa de Miguel e evolua sua consciência, se permita!

Publicado em

O que é a Nova Era?

Ao longo dos anos vem-se formando uma onda cultural-filosófica-religiosa que estimula o redirecionamento do rumo da humanidade para conduzi-la a uma nova consciência, uma nova forma de sociedade. Esta onda é chamada de Nova Era e concentra idéias, objetivos e elementos de religiões orientais, do espiritismo, das terapias alternativas, da ecologia, da sustentabilidade, da astrologia, do gnosticismo e de outras correntes.

Existem muitas teorias, crenças e filosofias sobre esse novo direcionamento, seus desdobramentos e quem ou o que o lidera. Mas o que podemos afirmar é que estamos num novo momento do planeta Terra.

A Nova Era é um novo estágio de evolução consciencial que nós, humanos, estamos. Atingimos esse novo estágio graças à dedicação de grandes mestres que nos orientam a todo o tempo. A Nova Era não é uma data marcada no calendário ou uma “virada de chave”, estamos nesse processo há alguns anos.

Estar na Nova Era é simplesmente estarmos nos adaptando e incentivando uma nova forma de pensar, enxergar e lidar com o planeta e com as pessoas. As preocupações e cuidados são outros, mais coerentes com a sustentabilidade e harmonia. Um dos exemplos disso é o coronavírus que também corrobora essa nova consciência por nos forçar a mudar nossa forma de viver.

A Nova Era é cuidar do planeta, ouvir as outras pessoas e ter empatia. Nos libertamos de dogmas e regras para passarmos a tomar atitudes baseados em nossa própria consciência. Não porque “sou obrigado a isso” mas porque “cheguei a conclusão que aquilo é o certo”.

A Nova Era trata de muitas coisas que tocam nossa fé: Deus, a criação, a vida, a morte, o sentido de nossa existência, etc. A Nova Era trabalha o construtivismo, que permite a cada indivíduo formular sua própria verdade religiosa, filosófica e ética.

A mudança da vibração e troca do grau consciencial acontece quando nos desprendemos dos nossos egos e preconceitos, e passamos a sentir as dores, internas e externas, ampliando nossa visão, abrindo espaço para mudanças significativas e necessárias na humanidade.

Existem algumas crenças comuns para os colaboradores da Nova Era:

  • o planeta entrou em um estágio de vibração mais elevado, no qual dará suporte a pessoas mais conscientes;
  • todas as terapias e técnicas holísticas pretendem criar e acelerar esta consciência;
  • cada pessoa cria a sua própria verdade e toda sua experiência é um passo para a consciência plena de sua divindade;
  • o universo é um ser único e vivo, evoluindo ao pleno conhecimento de si e a humanidade é uma de suas manifestações;
  • a natureza também é parte do único ser cósmico e, portanto, também participa de sua divindade;
  • tudo é “Deus” e “Deus” está em tudo;
  • todas as religiões são semelhantes e, no fundo, dizem o mesmo;
  • todos os seres humanos vivem muitas vidas, vão reencarnando uma e outra vez até ampliar a consciência.

Essa consciência se dá através do equilíbrio do nosso pensamento e de nossas emoções. Devemos sair da racionalidade e viver a voz do coração. É a capacidade de se conectar com nosso interior e equilibrar nosso corpo, mente e alma. 

A espiritualidade é um eterno processo de busca e de renascimento contínuo. A espiritualidade está dentro de cada um, é nossa luz e essência divina que nos permite desenvolver nossas virtudes. 

As terapias alternativas estão sendo canalizadas para serem uma ferramenta de auxílio neste grande salto quântico e cura da humanidade. Conectados ao amor, à verdade, à liberdade e à sabedoria, para assumirmos nosso papel perante o universo, ativando nosso poder pessoal, e assim, intensificar nosso autoconhecimento.

Você é o único responsável por tudo o que acontece em sua vida. Não viemos para sofrer mas para trilhar um caminho de amor, principalmente por si próprio. Deixando para trás, o autocastigo, a autocrítica e a autocondenação. A conexão com a Divindade interna e a energia do Amor são o caminho para a Nova Era.

Quando começamos a despertar, queremos auxiliar pessoas para que despertem também, que tenham esse novo olhar para a existência. Compreendemos que cada um tem seu momento e livre arbítrio, mas podemos de forma amorosa ir orientando sobre o quanto é gratificante o caminho do autoconhecimento. Conheça os cursos da Casa de Miguel e indique para as pessoas que você ama!

Publicado em

React Soul

ATENÇÃO, ESSE TEXTO CONTÉM SPOILERS!

A Pixar já tratava de assuntos para adultos desde o início de suas produções, mas de modo tímido, inseridos em situações cotidianas e por isso, exploram emoções universais como anseios, amor, saudades e raiva.

Recentemente o estúdio mergulhou em questões mais profundas das inquietações adultas com seus últimos lançamentos, que nem se parecem com produções feitas só para crianças. Falam da morte, depressões e perdas de uma maneira não medrosa e é uma das grandes sacadas da companhia para introduzir o tema no universo infantil e proporcionar uma mudança no inconsciente coletivo ao trazer essa normalização desde a infância. A expectativa é que um dia essa juventude se torne adultos menos complexados com esses assuntos da alma.

No filme Soul, lançado em janeiro de 2021 na plataforma Disney+, o estúdio faz uma imersão espiritual profunda e aborda questões metafísicas trazendo conceitos sobre morte, alma, vida após a morte e etc.

No longa, Joe Gardner, o primeiro protagonista negro da Pixar, morre logo antes do show que definiria sua carreira de músico e, ao se ver indo em direção ao “além vida”, ele tenta fugir para voltar à Terra. E assim acaba caindo no “pré vida”, um lugar onde as almas estão sendo preparadas e moldando sua personalidade para então acharem seu propósito de vida e ganharem seu passe para a Terra.

Vamos analisar então algumas dessas informações conceituais que são passadas nos primeiros vinte minutos de filme: 

Depois que morremos, nossa alma é atraída para um lugar cheio de luz que é chamado de “além vida”, o lugar onde as almas se tornam parte dessa Luz. Joe tem a sensação de que, ao se tornar a Luz, ele irá “morrer”, como se a existência dele fosse sumir. Essa sensação e pensamento é algo que realmente “assombra” muitas pessoas, desencarnadas ou não. O que e quem seremos quando morrermos? Seremos mais do que somos hoje ou seremos “dissolvidos” em um coletivo? Infelizmente essa resposta não é trabalhada no filme.

Ao fugir da Luz, Joe “cai” e vai passando por diversas faixas de frequências e sintonias, que podemos também chamar de dimensões. Sabemos que essas dimensões e frequências realmente existem e podemos “viajar” por elas quando elevamos nossa sintonia e movimentamos nossa consciência pelo universo e podemos fazer isso através de meditações ou até, como mostrado no filme, quando praticamos alguma coisa que nos dê prazer.

Joe se encontra depois na dimensão do “pré vida” onde conhece Zé, que se autodenomina a “combinação de todos os campos quantizados do universo”, Zé também diz que se apresenta de uma forma que os humanos consigam vê-la mas ao longo do filme vemos também que Zé é mais que apenas um ser, que Zé são vários e ao mesmo tempo um, que controla, organiza e sustenta o universo. Alguma semelhança com o conhecimento que temos sobre Deus? 

No filme também é explicado que a nossa “personalidade” e nossos “dons” já nascem com a gente, são informações que estão presentes na nossa alma e, portanto, não são coisas que desenvolvemos em vida. Conquistamos essas virtudes ao longo do tempo para podermos desfrutar a vida na Terra.

Como é tratado no filme, o nosso passe para a vida, ou melhor, a nossa “missão” é o que nos inspira e nos motiva. E nossa missão pode ser tudo! Tanto é que o salão onde são apresentadas as missões se chama “Salão de Todas as Coisas”. Então, não acredite que sua missão tem ligação com o seu trabalho ou com voluntariado, sua missão é o que te faz sentir vivo, o que te conecta com sua essência, o que te dá brilho nos olhos.

E sim, tudo isso em só vinte minutos! Apesar de trazer todo o conteúdo de forma leve e sutil, o filme trata de assuntos mais contundentes da nossa criação, do nosso viver. É uma questão que nós adultos ficamos o tempo todo pensando e buscando respostas.

Enquanto crescemos precisamos desenvolver esses pensamentos, entendimentos e reflexões sobre a vida e, além de ouvir os ensinamentos dos nossos pais, avôs e mentores, precisamos ter experiências que realmente nos marquem e mude nosso entendimento da vida, nos conduzindo para algo mais significativo do que apenas nascer-crescer-morrer.

A Pixar, ao trazer questões fundamentais sobre a existência humana, colocando o dedo nas nossas feridas, auxilia os pais nessa difícil missão que é oferecer esse “manual das realidades” – felizes e infelizes – da vida. 

Mergulhar no entendimento da morte é um caminho para o desenvolvimento de apreciar a própria companhia, e a Pixar encontrou uma linguagem madura e delicada para tratar desses assuntos.

Em Soul, interligada à ideia da morte, uma segunda reflexão que é posta para nós é “do que vale estar vivo?”. Num primeiro momento o protagonista acredita que seu propósito em vida é ser músico, e o desenrolar da história aponta para as experiências humanas, consideradas corriqueiras, que são realmente a verdadeira explicação para estarmos vivos. 

Já que, segundo o conceito do filme, quando somos almas, não temos paladar, olfato ou tato, e por isso, a mensagem que fica é que devemos apreciar enquanto encarnados tudo o que podermos saborear, cheirar e sentir. Desfrute dessas pequenas sensações, essa é a razão de estarmos aqui na Terra. Sentir! Não se prive das sensações e das emoções, isso é viver. O desfrutar de uma brisa suave, das gotas de chuva, do prazer de estarmos juntos, dos sabores da vida.

“Vale a pena morrer por esse negócio de viver?”, se pergunta a alma 22 no filme. Se Joe, que teve uma vida considerada banal pela personagem, quer tanto voltar à Terra, deve mesmo valer.

Assista também o React de Soul pelo Facebook, Instagram e Youtube! Todo mês analisaremos um filme novo, não deixe de acompanhar!

Publicado em

Problemas Familiares

Amamos nossa família e desejamos o melhor para ela, só que às vezes existem conflitos que parecem não ter solução.

Drogas, alcoolismo, violência, desrespeito, depressão e doenças infelizmente são casos comuns, mas não deveria ser assim e isso tem solução.

Nossos comportamentos atraem energias negativas e espíritos que formam a nossa volta um verdadeiro terror e num processo viciosos, aumentam cada vez mais nossos desequilíbrios.

Casais com brigas intermináveis, filhos que começam a ter comportamentos estranhos e más companhias e, por mais que conversemos, parece que só agrava mais o problema.

A realidade é que a maioria desses problemas é causado por interferências energéticas negativas, espíritos sofredores e até mesmo espíritos obsessores, que estão atrapalhando e interferindo no bem-estar e felicidade da sua família.

Nós da Casa de Miguel, sempre indicamos que você possua um altar Arcangélico na sua casa, para que ele te proteja e proteja a sua família desses males. Se você ainda não possui um Altar Arcangélico é só clicar aqui para aprender como fazer.

A Vida é muito bela e deve ser vivida plenamente, com amor, fraternidade e prosperidade em todos os sentidos!

Publicado em

Quem é São Miguel Arcanjo

Ele é o Arcanjo Redentor, defensor dos desígnios divinos e considerado o chefe das Milícias Celestiais.
É reverenciado entre os judeus, cristãos, muçulmanos, anglicanos, luteranos, gnósticos, espíritas, espiritualistas, umbandistas, ocultistas, esoteristas, dentre uma infinidade de religiões e seitas existentes em todo o planeta.

Gravura em pedra de Arcanjo Miguel

Essa reverência não é à toa, pois, em sua posição como Arcanjo, tem atuação extraplanetária e independente de nações, raças e religiões, atua na manutenção da Ordem Universal.
Em hebraico, Miguel significa “aquele que é similar a Deus” (mi-“quem”, ka-“como”, El-“deus”), o que é tradicionalmente interpretado como uma pergunta e não uma afirmação: “Quem é como Deus?”. Assim, Miguel é reinterpretado como um símbolo de humildade perante Deus, sendo que sua presença e energia nos impele a respondê-lo: “Ninguém é como Deus!

Ele é o regente da Luz Redentora! Isso significa que quem é tocado por sua Luz, por sua energia, é impelido a se redimir de suas falhas, enfrentando os fantasmas do passado, reajustando o que foi deixado para trás, sempre com o objetivo de que os bloqueios do passado sejam rompidos e os limites sejam ampliados.

No coletivo o Arcanjo Miguel atua através de instituições terapêuticas, que promovam o autoconhecimento, bem como os caminhos para transformar os erros em experiência de vida, a serviço do coletivo.

Ele é o Arcanjo que ensina a grande lição da Superação!

 

RITUAL DE MIGUEL – PROCEDIMENTOS:

  1. Acender uma vela azul-escura (palito ou de 7 dias) no domingo;
  2. Segurar a vela com a mão direita e elevá-la acima da própria cabeça, para então dizer estas palavras:

Sagrado Arcanjo Miguel, eu clamo que Vossa Sagrada Luz Redentora se instale na chama desta vela e me ajude a superar esse momento difícil que estou passando: falar qual é a situação.

Estou certo de que sob a Vossa intercessão eu terei forças, aprenderei o que a vida tem a me ensinar e serei vitorioso, Amém

  1. A seguir, colocar a vela em um altar, que pode ser feito colocando-se uma toalha branca sobre um móvel e um prato, prioritariamente, de cor clara;
  2. Por fim, caso o pedido seja para seus familiares também, escreva os nomes deles e suas datas de nascimento em um papel, dobre-o bem e coloque na frente da vela, dentro do prato.

 

Publicado em

Mediunidade Universalista, isso é real?

Quando falamos em mediunidade é muito comum associarmos a uma religiosidade, sempre com dogmas e regras muito rígidas e difíceis de acompanhar.

Muitas pessoas sentem a necessidade de desenvolver as percepções mediúnicas, a busca de entender mais sobre si e sobre o universo, buscando a conexão com amparadores e com espíritos ascensos que poderão ajudar em seus caminhos de evolução.

A verdade que muitos evitam dizer é que mediunidade deve ser leve e fácil a todo ser humano. Ela não precisa ser associada a uma religião ou outra, pois é uma capacidade adormecida em todos os seres, que só precisa ser exercitada para aflorar. Parece simples quando pensamos desta forma não é mesmo? Mas é!

Universalismo é congregar de uma corrente de pensamento que não professa uma religião específica e admite que cada religião carrega em si pontos de vistas sobre as Verdades Divinas que podem auxiliar e apoiar à fé, e por esse motivo, todas devem ser respeitadas.

Alguns de nós se afiniza mais com a mensagem religiosa de uma ou outra denominação. Outros de nós preferimos um misto de visões e mensagens de denominações religiosas distintas. E outros de nós não nos sentimos à vontade com nenhuma mensagem de nenhuma religião, mas ainda assim temos uma visão empírica e pessoal sobre como se colocar e fazer parte desse universo, desse planeta e dessa sociedade.

O fato é: a prática demonstra que algumas pessoas preferem participar de uma corrente doutrinária, para praticarem sua fé; e algumas outras preferem ligar-se diretamente a Deus, sem intermediários e sem pertencer a nenhuma congregação, praticando sua fé ao seu modo.

Não existe o jeito certo. Existe a preferência de cada um e, a Mediunidade Universalista, entende que respeitar profundamente (e não somente tolerar) as preferências de religiosidade de cada um é um passo positivo para o crescimento consciencial, tanto individual quanto coletivo. Respeitar é evoluir!

Assim, no caso de uma pessoa que se denomina universalista, temos nela um indivíduo que se permite estudar diversas religiões, bem como mesclar sua compreensão metafísica com os estudos científicos, psicológicos e filosóficos, a fim de fazer a sua própria síntese sobre o que é a vida e como deve se conectar a Deus.

Portanto, ser um Médium Universalista nada mais é do que ser alguém que se conecta as várias verdades do universo por meio da mediunidade a fim de aprender com os diversos Mestres Espirituais as várias verdades criadas por Deus.

Te convidamos então a conhecer nossa proposta de Mediunidade Universalista, um curso semipresencial e modular que lhe proporcionará uma experiência mediúnica inigualável e indescritível, onde somente sentindo e se desenvolvendo você poderá compreender.

Conheça nosso curso Escola de Mediunidade, clique aqui!

Dúvidas?

Whatsapp: (11) 99417-6482

Siga nossa página no Facebook e fique sempre atualizado, clique aqui

Publicado em

ARC1 – Iniciação Arcangélica

mude sua vida e a de sua família agora!

ARC1 - Iniciação Arcangélica

Nós explicaremos a maneira correta de como Consagrar um 

Altar aos Arcanjos e Assentar seus Poderes na sua casa!

Os Anjos são os Mensageiros de Deus, aqueles que comunicam as Vontades Divinas à humanidade.

Os Arcanjos são os comandantes das Hierarquias Angelicais e são aqueles que estão diante do Trono de Deus.

Para nós humanos, estarmos em conexão com esses Seres Celestiais é de fundamental importância para nos mantermos em equilíbrio e obtermos proteção, para que não precisemos passar por adversidades desnecessárias.

Fé, amor, carinho e proteção são algumas das sensações que temos quando estamos diante dos Anjos e, ancorar essa Luz em nossa residência auxiliará na transformação dela em um verdadeiro Lar!

de: R$99,00 por: R$1,00


Você irá receber as instruções de como realizar os 7 Rituais Arcangélicos, que são:

Ritual de 21 dias de Miguel para Abertura de Caminhos e Prosperidade Financeira;

Ritual de 21 dias de Uriel para Limpeza Espiritual;

Ritual de 21 dias de Zadkiel para auxiliar em questões de Justiça e Trabalho;

Ritual de 21 dias de Raphael para auxiliar nas Curas;

Ritual de 21 dias Gabriel para intensificar a ligação com o seu Eu Interior;

Ritual de 21 dias de Ezequiel para Proteção e questões Familiares;

Ritual de 21 dias de Haniel para Amor e Relacionamentos.

 

SÃO 28 AULAS COM MAIS DE 6 HORAS DE CONTEÚDO!

 
Funções dos Anjos e Arcanjos – 9 aulas
 
Como montar o Altar e as Funções dos 7 Elementos – 2 aulas
 
Preces e Pedidos aos Anjos da Guarda – 3 aulas
 
Os 7 Rituais aos Arcanjos – 8 aulas
 
Consagração do Altar e Iniciação – 2 aulas
 
Conduzir da Cerimônia de Consagração do Altar e da sua Iniciação Arcangélica – 1 aula
 

de: R$99,00 por: R$1,00

Veja a opinião de quem já fez

Torne-se em um Iniciado Arcangélico e Alce Voos mais Altos em sua Vida!

de: R$99,00 por: R$1,00

Publicado em

Casa de Miguel, o novo ponto de partida para os buscadores da liberdade e da força pessoal

Viver livre, distante das amarras visíveis e invisíveis, podendo utilizar com plenitude o nosso potencial humano!

Muitas pessoas de coragem estão buscando alcançar essa condição. E a sabedoria espiritual nos ensina que isso é possível.

Quando despertamos o nosso “verdadeiro eu”, e compreendermos as forças místicas que regem o planeta, resgataremos o nosso poder ancestral e nos projetaremos para um futuro melhor.

A Casa de Miguel, por acreditar na liberdade espiritual e no desenvolvimento do poder pessoal em harmonia com o todo, dedica-se há 8 anos a ser o ponto de partida para tais buscadores.

Casa de Miguel, seu novo ponto de partida!